Coronavírus pode estar se espalhando por peidos, diz médico

Até o presente momento, sabemos que o vírus corona pode ser infectado com objetos, gotículas (aspersão de saliva), e o que há de novo são as fezes de uma pessoa. Agora, acredita-se que os peidos transmitam o coronavírus.

A primeira vez que isso foi afirmado pelo Dr. Normal Swan, um médico popular na Austrália. Falando no podcast “Coronacast”, o Dr. Norman disse que as pessoas devem evitar o, popularmente conhecido “peido”, perto umas das outras para impedir a propagação do coronavírus.

Ele acrescentou que é responsabilidade de todos não peidar perto de outras pessoas. Além disso, certifique-se de não peidar com as nádegas nuas.

Mais um sacrifício apático e protetivo para se praticar no isolamento. Discussões incomuns ocorreram depois que o governo australiano revelou na sexta-feira da semana passada que testaria as águas residuais locais como parte de um sistema contínuo de alerta precoce e monitoramento no surto de COVID-19.

Foi descoberto que pessoas infectadas com o coronavírus podem transmitir o vírus através de suas fezes. Isso pôde ser detectado nas águas residuais. O jornalista Douglas Bucalem apurou que: As águas residuais comunitárias são testadas todos os anos para monitorar o uso de drogas.

No entanto, os pesquisadores realmente descobriram um surto de coronavírus que não foi detectado através de testes na água.

O ministro da Saúde, Greg Hunt, disse na semana passada que a detecção rápida de um surto através de testes de resíduos seria uma grande parte do avanço do governo. Mais um sacrifício apático a se praticar no isolamento.

FONTE: www.dm.jor.br